• Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Cidadão de Festim - Uma ficção chamada cidadania (João Campos)

Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 

CIDADAO_DE_FESTIMCIDADAO_DE_FESTIM

Para quem gosta de um bom livro, para consumidores indignados e para quem ainda acha que podemos melhorar o Brasil, esta ai a dica.

O autor da obra CIDADÃO DE FESTIM, João Campos, expõe em forma de desabafo de alguém que viveu décadas esperando um mundo melhor e só viu aumentarem as lesões ao direito do cidadão, sem nenhum avanço à vista.

Estamos em uma sociedade que grita pelos seus direitos, mas não é ouvida.

Este livro é um registro de fatos verídicos e um ótimo incentivo para o leitor que quer fazer diferença, que acredita que podemos ter um futuro melhor, é uma motivação para o despertar da cidadania.

A esperança é imortal, não podemos mudar o passado, mas podemos melhorar o que vem pela frente, basta ACREDITAR e FAZER A NOSSA PARTE.

NUNCA FALE que não vai adiantar nada se você fizer alguma coisa, é assim que eles querem que você e todos pensem.

Se cada um fizer a sua parte, poderemos fazer a diferença, sim. 

 

Um grão de feijão pode ser pequeno, mas se tivemos varios grãos pequenos, podemos fazer uma feijoada muito boa.

Cada um de nós é um feijão pequeno, mas se cada um fizer a sua parte, por pequena que seja, poderemos conseguir colher um resultado muito bom no futuro. Basta acreditar e fazermos acontecer.

(João Junior)

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar